Postagens populares

29 de maio de 2013

Biografia Piotr Tchaikovski

Criador de melodias marcantes e envolventes, Tchaikovski foi um dos mais populares compositores de todos os tempos. Quem já não ouviu "O Lago dos Cisnes" ou a "Valsa das Flores", da Suíte Quebra-Nozes?

Piotr Tchaikovski era o segundo de uma família de seis filhos. Cedo começou a estudar piano. Em 1848, a família mudou-se para São Petersburgo. Lá, Piotr começou a praticar o piano de forma intensiva, o que lhe valeu uma doença nervosa. Apesar de proibido pelos médicos de continuar tocando, pouco a pouco recobrou sua saúde. Preparou-se então para ingressar no curso de jurisprudência, o que não o entusiasmava. Aos quatorze anos, com a morte de sua mãe, a quem adorava, Piotr Tchaikovski teve uma crise depressiva.

Depois de terminar a faculdade de direito, passou a oficial do Ministério da Justiça, em 1854. Dois anos depois, ao ouvir pela primeira vez o "Don Giovanni" de Mozart, ficou entusiasmado com a ópera alemã.

Aos 23 anos, resolveu deixar a profissão de advogado para dedicar-se à música. Matriculou-se no Conservatório de São Petersburgo, tornando-se aluno do grande pianista Anton Rubinstein.

Em 1866, Tchaikovski mudou-se para Moscou e passou a dar aulas de teoria musical. No ano seguinte, casou-se com uma aluna do conservatório, Antonina Miliukova. O casamento foi desastroso, acentuando a hipersensibilidade de Tchaikovski.

Seguindo recomendações médicas, partiu para uma temporada de um mês na Suíça, viajando, em seguida, para a França e a Itália. Nessa época, travou relações com Nadezhda von Meck, que se tornaria sua protetora e mecenas.

De volta a Moscou, Piotr Tchaikovski estabeleceu com Nadezhda uma relação por cartas, que durou 14 anos. Em 1885, compôs a "Sinfonia Manfred" e, três anos depois, a "Quinta Sinfonia".

Em 1890, o compositor finalizou a ópera "A Dama de Espadas". Nesse mesmo ano, rompeu com Nadezhda.

Reconhecido por sua obra, Tchaikovski apresentou-se em várias capitais européias e viajou aos Estados Unidos para a inauguração do Carnegie Hall, em 1891.

No dia 28 de outubro de 1893, sua última sinfonia, a "Patética", estreou em São Petersburgo. Nove dias depois, o compositor faleceu, em circunstâncias ainda hoje obscuras.

Tchaikovski deixou uma obra vasta e muito admirada, incluindo, além de suas seis sinfonias, balés, concertos e canções.

Fonte: http://educacao.uol.com.br/biografias/piotr-tchaikovski.jhtm

Nenhum comentário:

Postar um comentário