Postagens populares

2 de maio de 2013

Biografia Mario Quintana

Mário Quintana foi um poeta e tradutor gaúcho, autor de poemas e frases consideradas brilhantes. Seu livro de poemas “Antologia Poética” e o poema “Borboletas” são cada vez mais lidos e comentados.

Mário de Miranda Quintana nasceu na cidade de Alegrete, no Rio Grande do Sul. Foi matriculado na escola militar na adolescência no ano de 1919 e lá, começou a trabalhar na revista Hyloea. Em 1924, entrou na editora da livraria O Globo. Em 1929, ingressou na redação do diário “O Estado do Rio Grande”.

Em 1929, começou a trabalhar na redação do diário O Estado do Rio Grande.Em 1934, foi publicado o livro “Palavras e Sangue”, cuja obra originalmente escrita por Giovanni Papini, foi traduzida por Quintana.O poeta também traduziu autores como Voltaire, Virginia Woolf e Maupassant. traduziu também “Em Busca do Tempo Perdido”, de Proust, considerada muito densa.

Em 1940, lançou o livro de poemas “A Rua dos Cataventos”, obtendo sucesso. Em 1966, foi lançado o livro “Antologia Poética”, organizado pelos escritores Paulo Mendes Campos e Rubem Braga. Foi saudado pela Academia Brasileira e Letras pelo Poeta Manuel Bandeira. Em 1980, recebeu o prêmio Machado de Assis da ABL pela obra total e em 1981, foi agraciado com o prêmio Jabuti de Personalidade Literária do Ano.

O poeta Mário Quintana tem outros trabalhos interessantes: "Quintanares" (1976) e "Esconderijos do Tempo" (1980) são alguns exemplos no segmento da poesia. Na literatura infantil, destacam-se "Lili inventa o Mundo" (1983) e "Nariz de Vidro" (1984).

O poeta não se casou e faleceu em 1994, em Porto Alegre, lugar onde viveu a maior parte de sua vida.

www.e-biografias.net

Nenhum comentário:

Postar um comentário